Prorrogadas, até segunda-feira (16), inscrições para curso de formação de professores da EJA

Prorrogadas, até segunda-feira (16), as inscrições da Formação de Professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A capacitação é uma iniciativa da Secretaria da Educação do Estado (SEC), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Batizada de AUEJA (Ampliando Universos pela Educação de Jovens e Adultos), a ação é direcionada para 2.500 educadores da EJA, entre professores, coordenadores pedagógicos e gestores, na modalidade de Educação à Distância, com carga horária de 120 horas, dividida em cinco módulos, com início ainda neste mês (data a definir), e um seminário presencial, em dezembro, com a participação de 200 representantes das turmas, para apresentação de trabalhos.

>> Faça sua inscrição aqui até 16/08

A estrutura e o conteúdo da formação, que será baseada nos documentos referenciais da EJA e trará novas metodologias, além do processo de inscrição que pode ser realizado por meio do link: bit.ly/formacaoAUEJA. O endereço da plataforma de acesso ao AUEJA é o https://cursos.educacao.ba.gov.br/login/index.php.
A coordenadora da EJA, Isadora Sampaio, falou sobre a importância da formação para jovens e adultos do Estado, com vistas no aprimoramento dos saberes, das técnicas e do exercício do fazer pedagógico. “Este é um momento histórico para a EJA, que inicia uma nova fase de formação, que virá de forma integrada, moderna, conectada com o século 21, trabalhando na perspectiva da inclusão digital, da ciência, da cultura. Não podemos falar de formação da EJA deixando de lado este homem trabalhador e esta mulher trabalhadora, que são nossos objetos de ação contínua de ensinar e aprender. Os sujeitos da EJA são indígenas, do campo, quilombolas, com necessidades e deficiências específicas e, por isso, trabalhamos com eles de forma interdisciplinar e integrada, levando em conta a diversidade e pluralidade de cada um”.
Sobre a EJA – Uma das modalidades da Educação Básica, a Educação de Jovens e Adultos –  A EJA se constitui numa modalidade da educação básica inserida nas políticas públicas nacionais e visa assegurar aos “adolescentes”, jovens, adultos e idosos o direito à educação de qualidade, considerando a especificidade do seu tempo humano, ou seja, seus saberes e experiências adquiridas ao longo de sua trajetória de vida. Com uma metodologia diferenciada, a EJA apresenta uma proposta pedagógica pautada em Eixos temáticos e Temas geradores que dialogam com os diversos componentes curriculares da Educação Básica e os saberes adquiridos pelos estudantes na sua vivência. Estão matriculados na EJA 150.521 estudantes, nas suas diferentes ofertas (PROEJA, Tempo de Aprender, Tempo Juvenil e Tempo Formativo).
Foto: Ilustrativa

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *